AACD investe em “mouse de cabeça” para atender pacientes com limitações em membros superiores

AACD investe em “mouse de cabeça” para atender pacientes com limitações em membros superiores

Instituição se une à startup mineira TiX para implantar o Colibri, tecnologia que controla aparelhos eletrônicos com movimentos da cabeça e dos olhos




A AACD adota o Colibri, solução da startup mineira ‘TiX Tecnologia Assistiva’, em seu atendimento especializado a pessoas com deficiência física de todas as idades. O Colibri é um mouse de cabeça, sem fios, que permite o uso de celulares, tablets e computadores apenas com movimentos de cabeça e piscadelas.

A Instituição vai incluir o Colibri como protocolo terapêutico dentro da estrutura de avaliação de seus pacientes e expandir a utilização da tecnologia para suas unidades.

“A incorporação do Colibri no atendimento realizado pelos nossos profissionais levará um importante benefício aos pacientes, que por meio dessa tecnologia inovadora terão mais autonomia”, afirma a Dra. Alice Rosa Ramos, superintendente de Práticas Assistenciais da AACD.

A implantação do Colibri foi realizada em etapas, de modo que os profissionais da AACD pudessem se familiarizar com a tecnologia e auxiliar com excelência os pacientes.

“Após fecharmos essa parceria com a AACD, habilitamos toda sua equipe de profissionais para o atendimento de pacientes com limitações no uso dos membros superiores. Nesse momento, oferecemos seis Colibris para a AACD e mostramos na prática para terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogas e pedagogos como a tecnologia atua”, relata Adriano Assis, CEO da TiX.

Essa parceria com a AACD marca a primeira vez em que o Colibri é adotado em larga escala por uma organização que realiza reabilitação de pessoas com deficiência física, sendo que os pacientes, que participaram das fases de testes, já conseguem aproveitar os benefícios da tecnologia em suas rotinas diárias.

Sobre o Colibri
| O Colibri é um mouse de cabeça sem fios, criado para que pessoas que não podem usar as mãos consigam controlar celular, tablet e computador apenas com movimentos da cabeça e gestos faciais. Ele é pequeno, leve, tem bateria recarregável e basta pareá-lo via bluetooth para começar a usar.


Além disso tudo, o Colibri é lindo! Por ser um produto vestível, cada usuário pode escolher a cor do aparelho e do óculos que o acompanha. Quem preferir, também pode prender o Colibri à armação de óculos que já usa. A acessibilidade do produto também é financeira, com opções de compra ou planos de assinatura, além do “Colibrino”, a versão do Colibri que qualquer pessoa pode construir em casa de graça.

O Colibri veio para revolucionar a maneira como as pessoas com deficiência são incluídas na sociedade, proporcionando autonomia aliada à inovação e impacto social.

Para mais informações, acesse o site do Colibri.

Sobre a AACD | Fundada em 1950, a AACD possui uma infraestrutura completa dedicada à reabilitação e habilitação de pessoas com deficiências físicas e pacientes ortopédicos – composta por um hospital ortopédico, sete unidades de reabilitação e cinco oficinas para fabricação de produtos ortopédicos. Realiza em média 800 mil atendimentos anuais para pacientes de todas as idades, via SUS, particular e convênios.

A AACD ainda conta com a unidade escolar AACD Lesf, a área de ensino e pesquisa para disseminar conhecimentos, a AACD Esporte, que contribui por meio da prática esportiva para a inclusão da pessoa com deficiência, e com o projeto de cooperação técnica, que leva o padrão de excelência e a expertise da instituição para diversas partes do Brasil, por meio de entidades parceiras. Para mais informações, acesse o site da AACD.

Compartilhar esse artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *