Inscrições para “Entra na Roda”, projeto encabeçado por IZA em parceria com IDBR e Pretahub, são prorrogadas até o dia 18 de dezembro

Inscrições para “Entra na Roda”, projeto encabeçado por IZA em parceria com IDBR e Pretahub, são prorrogadas até o dia 18 de dezembro

Prorrogação visa amplificar e dar oportunidade a quem não conseguiu se inscrever no primeiro prazo

O prazo para inscrições no “Entra na Roda”, projeto de IZA em parceria com o IDBR e Pretahub, foi prorrogado até o dia 18 de dezembro. A iniciativa foi tomada pensando em abranger mais projetos e aumentar possibilidades, que é o mote da iniciativa.

Com o objetivo de fortalecer, fomentar e premiar negócios liderados por pessoas negras, o edital irá selecionar projetos de empreendedores negros nos segmentos de alimentação, entretenimento, beleza, moda e negócios de impacto social. O projeto, que tem o apoio da Risqué e Devassa, foi apresentado oficialmente no dia 20 de novembro, durante o show da cantora na Concha Acústica, em Salvador.

As inscrições são 100% online e poderão ser feitas até 18 de dezembro (NOVA DATA) através do formulário disponível em www.editalentranaroda.com.br. Haverá também conteúdo informativo em todas as redes e suporte para possíveis dúvidas. Serão 20 finalistas (05 em cada categoria), que receberão oficinas de formação em empreendedorismo, e 02 vencedores por categoria. A escolha dos projetos será feita por um conselho próprio, formado por profissionais do IDBR, e por jurados especialistas pretos em cada área. A premiação será em abril de 2023 e o repasse no mês seguinte. Todas as informações estarão disponíveis nas redes do IBDR e da IZA.

Com intuito de potencializar e dar visibilidade a empreendedores que residem nas regiões Norte e Nordeste do país, o edital destinará 50% das vagas para empreendimentos localizados em estados dessas regiões. Sendo assim, dos 20 finalistas, pelo menos 10 (2 por categorias) serão obrigatoriamente do Norte e Nordeste, e dos premiados pelo menos 5 (1 por categoria) serão de estados dessas regiões.

O projeto foi criado principalmente com a ideia de, além da premiação, contribuir com o comprometimento racial, o desenvolvimento de lideranças negras e a qualificação dos empreendimentos a partir das expertises: Educação Financeira, Marketing Digital, Planejamento de Negócios, Técnica de Negociação e Precificação, Regularização de Negócios e Pitch com alguns dos jurados especialistas.

IZA tem em sua avó a primeira referência de empreendedora preta. Essa memória nos leva para a Isabela Cristina mais jovem, com sonhos e projetos que queria realizar, mas não sabia como. “Sou uma mulher negra, vinda do subúrbio carioca e sei da realidade da população negra periférica. Por isso quis investir meu tempo e meu dinheiro nesse projeto que abre espaço para que algumas pessoas avancem em seus sonhos, além de propiciar a capacitação de muitos empreendedores. Espero que, com isso, eu consiga ajudar na inclusão dos profissionais pretos no mercado de trabalho e que eu possa inspirar outros artistas a investirem também”, completa.

Categorias

Podem ser inscrever empreendedores pretos ou pardos, segundo a classificação do IBGE, com mais de 18 anos, residentes em território brasileiro e com MEI ou ME ativo em um dos segmentos:

*Alimentação | empreendimentos com ou sem sede física que produza alimentos diversos no ramo de alimentação, gastronomia e/ou culinária;

*Entretenimento | produtoras de audiovisual, música, artes cênicas, literatura, artes digitais e afins;

*Beleza por Risqué | profissionais que atuam na valorização da estética negra, empreendimentos que atuam com produtos para pele e cabelos;

*Moda | promoção, valorização e fortalecimento de modas afirmativas e inclusivas, como, por exemplo, a moda afro-brasileira, plus size, acessório, joias artesanais e outros;

*Negócios Sociais | negócios de impacto social e/ou ambiental, liderados por empreendedores sociais que possuam ações, projetos, programas e produtos que atuem com a transformação social ou ambiental positiva, ao mesmo tempo em que possibilitam a geração de renda.

Compartilhar esse artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *