ONG de proteção animal promove segunda festa do Pija-miau no dia 06 de abril

ONG de proteção animal promove segunda festa do Pija-miau no dia 06 de abril

Imagine convidados humanos passando 24 horas dentro de um abrigo, comendo, dormindo, brincando e vivendo com (e como) os animais que aguardam adoção, enquanto arrecadam fundos para a entidade. Esta é a proposta da Shelter Slumber Pawty, uma iniciativa que nasceu na cidade de Saint Louis, nos Estados Unidos, e já arrecadou mais de 600 mil dólares para as ONGs participantes. 

No Brasil, o evento é batizado como Festa do Pija-miau e está na segunda edição. Promovida pela ONG Confraria dos Miados e Latidos, a Festa está programada para acontecer no dia 06 de abril, na sede da organização, em São Paulo (SP). “Como somos um abrigo exclusivamente para gatos, pensamos que seria uma tradução livre divertida para comunicar o espírito do evento. Os participantes da primeira edição amaram!”, explica Adriana Tschernev, diretora-executiva da Confraria dos Miados e Latidos. 

A Festa do Pija-miau é uma oportunidade de aproximar o público da realidade da proteção animal, levantar fundos para a instituição e, quem sabe, até promover a adoção dos gatinhos. Por 24 horas, 10 participantes poderão experienciar a vida dentro de um abrigo com os mais de 100 gatinhos que aguardam adoção na sede da ONG, o que inclui dormir no mesmo ambiente que os gatos, fazer refeições e interagir com eles. 

Segundo Tatiana Sales, presidente e fundadora da ONG, muitos dos resgatados nunca tiveram tanto tempo ininterrupto de atenção humana: “Isso também faz do evento, uma oportunidade única de socialização para os felinos”, comenta. 

Rosimar Okagawa, voluntária da ONG e participante da primeira edição da Festa, conta como foi a experiência: “Durante a noite, enquanto estava deitada, meu colchão foi pouco a pouco sendo inundado de gatinhos se aproximando para dormir comigo. Procurei ficar o mais imóvel possível para não assustá-los. Foi uma experiência incrível”. 

A Pija-miau será transmitida ao vivo nas redes sociais dos participantes, de forma que os espectadores possam conhecer melhor o dia a dia de um abrigo e realizar doações on-line para que a ONG continue seu trabalho. “Cada participante terá sua própria página de captação de recursos em nossa plataforma online, promovendo uma competição saudável de arrecadação para ver quem consegue levantar a maior quantia para os animais”, pontua Adriana Tschernev, diretora-executiva da ONG..

Como participar

Podem se candidatar para participar da Festa do Pija-miau adotantes, voluntários, jornalistas, apoiadores e influenciadores, que ao transmitirem o evento pelas redes sociais próprias, também competirão amistosamente entre si, em busca de descobrir quem conseguirá o maior engajamento e maior montante de doações. A ONG irá fornecer sacos de dormir e alimentação, além de atividades educativas para tornar mais interessante a transmissão nas redes sociais, com palestras sobre comportamento felino e a importância do enriquecimento ambiental; alimentação de qualidade e seus impactos na saúde dos pets; jogos e brincadeiras entre os participantes e os gatinhos. 

“Quem tem um animalzinho em casa sabe a despesa mensal que ele gera – agora multiplique isso por quase 200 e adicione o resgate de animais que precisam de intervenções cirúrgicas e tratamentos longos e complexos – essa é a realidade de uma ONG. Acreditamos que ao mostrar de perto o trabalho consigamos sensibilizar mais pessoas a doarem para a causa”, comenta Adriana.

Para se candidatar ou indicar alguém para participar da Festa do Pija-miau – e também para mais detalhes – basta enviar uma mensagem para a Adriana, da Confraria dos Miados e Latidos, no número (11) 99197-7550 ou pelo e-mail adriana@miadoselatidos.org.br, até o dia 01 de março. Crianças também podem participar, acompanhadas de um responsável. Participe! 

Sobre a Confraria Miados e Latidos

Fundada em 2007, em São Paulo (SP), e em 2010, em Nova Friburgo (RJ), a Confraria Miados e Latidos é uma organização sem fins lucrativos que atua no resgate de animais abandonados, com a missão de proporcionar bem-estar e qualidade de vida à maior quantidade possível de cães e gatos. Para isso, a ONG atua com ações de castração, resgate, adoção e conscientização da sociedade através da produção e compartilhamento de materiais informativos, palestras e eventos. Até o momento, já foram resgatados cerca de 4 mil animais, realizadas mais de 3 mil adoções e cerca de 15 mil castrações. Para saber mais, acesse www.miadoselatidos.org.br.

Compartilhar esse artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *